Renata Dietze

Olá, quero me apresentar para você contando sobre a minha trajetória.
Eu sou Renata Dietze, educadora física, bailarina de dança do ventre, consultora em saúde e educação sexual e sexóloga.

“Ouvi uma vez que tenho várias vidas em uma, e isso me fez a mulher que sou hoje, aquela que levanta muitas mulheres!”

 

logo renata dietze

Renata Dietze

 

renata dietze bio

O meu trabalho com mulheres começou muito cedo. Em 1985, comecei a minha carreira dando aula de ginástica coletiva para mulheres. Sempre busquei inovar e criar momentos de empoderamento em minhas aulas.

Não demorou muito para que as turmas ficassem cheias e eu percebesse que havia um caminho bem amplo pela frente.

Em 1986, comecei a ministrar aulas de dança do ventre em uma das maiores escolas de danças orientais e místicas de Belo Horizonte. Em pouco tempo, passei a ser convidada por diversas escolas de dança para ministrar aulas e workshops.

Também dancei em diversos restaurantes árabes. Como consequência de todo esse trabalho, tive duas escolas: a Arabesque e a Habibi. E foi nessa época que o meu trabalho com a sexualidade feminina se iniciou.

Eu já ministrava aulas de ginástica íntima nessa fase e vendia alguns produtos eróticos. As mulheres se sentiam muito á vontade comigo pela minha naturalidade ao falar de sexo.

Mas, foi no ano de 2000, que as aulas de artes sensuais ganharam força.
Desenvolvi aulas de pompoarismo no meu estúdio em uma época que quase não se falava sobre essa técnica.

Em 2001, fui trabalhar fazendo um tour pelo nordeste, dançando. Nesse período, eu me mudei para Bahia e ministrei aulas em Ilhéus e Itabuna, quando conheci o meu ex-marido, com quem vivi uma relação tóxica e muito difícil. Desse casamento nasceram meus dois filhos: Beatriz e Bernardo.

No período em que estava casada, morei em Londres, para onde tive a oportunidade de levar a minha dança.

Morei em uma comunidade indiana no bairro de Whitechapel e tive a oportunidade de aprender algumas técnicas de massagem e conhecer mais sobre o pompoarismo tradicional praticado por elas.

Retornei ao Brasil sozinha com minha filha pequena e grávida do meu segundo filho. Um casamento fracassado que depois do nascimento do meu filho, terminou oficialmente.

Sozinha e com duas crianças eu precisava de forças para recomeçar e voltar a sonhar.

Então, em 2007, eu voltei a estudar e trabalhar em uma academia de ginástica. E as portas voltaram a se abrir no campo das artes. Nesse período, eu também comecei a fazer eventos de chá de lingerie em Belo Horizonte. Muitas pessoas não acreditavam que daria certo… E hoje o evento é quase que obrigatório como ritual de despedida da senhorita para passar a ser a senhora. Então, criei a bem-sucedida empresa, “La Mademoiselle”.

A minha facilidade com a oratória, o meu humor, as aulas sensuais, a consultoria e a venda de produtos eróticos eram um sucesso. E ainda são! Continuo fazendo muitos eventos.

Na busca para uma logomarca que me representasse, conheci um designer que veio se tornar o meu marido. Com ele eu tive não só um companheiro, mas o grande incentivador da minha carreira.

Em 2019, montei a La Mademoiselle, espaço de artes sensuais para aulas de sexy dance fit, pompoarismo, papo íntimo e consultoria particular de produtos eróticos. Convidei uma amiga para juntas desenvolvermos uma técnica própria de ensinar o pompoarismo e criamos o Power Pompoarismo.

Esse curso se tornou um produto on-line em decorrência da pandemia.
As necessidades das mulheres, nesse período, foram aumentando e o meu olhar também se ampliou. Foi então que desenvolvi o pompoarismo funcional terapêutico.

Também inovei promovendo cursos on-line de técnicas sexuais avançadas para mulheres, homens e casais.

Sou uma mulher inquieta que busca movimento e evolução das relações o tempo todo.

Acredito que o maior investimento do ser humano é no conhecimento da própria sexualidade. Quando nos conhecemos, somos mais felizes e realizados.